Mercado Imobiliário

O “Plano B” de Paulo Guedes e seus impactos no mercado imobiliário em 2019

A agenda reformista do novo governo entra definitivamente em pauta no Congresso Nacional inaugurando uma nova etapa no processo de modernização do estado brasileiro alicerçado no ajuste fiscal e no consequente reequilíbrio das contas públicas – objetivo primordial de Paulo Guedes e sua equipe econômica que tem na aprovação da reforma previdenciária o seu primeiro grande desafio.

No entanto, antes mesmo da reforma previdenciária ser ou não aprovada, um novo plano, inicialmente chamado de “Plano B”, já começa a ganhar força entre governistas e até entre governadores e prefeitos. O plano consiste em atribuir ao Congresso Nacional sua real função: controlar o Orçamento e estabelecer prioridades na alocação dos recursos públicos. Com isso, o governo pretende transferir ao Congresso a responsabilidade sobre a aplicação do Orçamento, revolucionando as leis orçamentárias e, com elas, os costumes na política, desvinculando, desindexando e descentralizando o uso do Orçamento da União. Assim, o País é obrigado a gastar apenas o que arrecada, impedindo que sejam criadas “despesas extras e desvinculadas” àquelas inicialmente previstas, devolvendo definitivamente ao País o controle de gastos e credibilidade essencial à captação recursos e investimentos, destravando de vez a economia e recolocando-o definitivamente no rumo do crescimento sustentável.

Na hipótese de conseguir do Congresso tanto a aprovação da reforma da Previdência quanto da PEC do “Plano B”, a previsão é de que o Brasil cresça 5% a 6% ao ano. Com seu jeito eloquente, Paulo Guedes exagera e conclui: “Vamos dormir no Brasil e acordaremos na Alemanha!”

Quais os impactos imediatos que a reforma previdenciária e a “PEC do Plano B” de Guedes  podem trazer ao Mercado Imobiliário em 2019?


O Setor Imobiliário no Brasil, historicamente atrelado ao crédito e à renda, vem se recuperando da maior recessão econômica vivida pelo País, em sua história recente, demonstrando que pode ser um dos setores com maior crescimento em 2019.  

Os preços dos imóveis tiveram, em 2018, o primeiro aumento depois de três anos em queda. É o que apontou o IGMI-R (Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial), índice que verifica a variação média nos valores de compra e venda de todos os imóveis comercializados por meio de financiamento no país.  Em 2018, o IGMI-R registrou alta de 0,64%, depois de quedas sucessivas desde 2015, apontando para uma recuperação. O índice é feito pela Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança) e a FGV (Fundação Getúlio Vargas) e verifica a variação dos valores nominais dos imóveis, quer dizer, não considera a inflação do período. 

É o que também apontou outra pesquisa, realizada pela FIPE/Zap recentemente, que ratificou o bom momento de recuperação vivido pelo setor no País.

Ainda segundo o presidente da Abecip, Gustavo de Abreu Filho, “o comprador que busca um imóvel para morar vai encontrar um momento muito propício, porque os preços ainda não subiram muito, e as taxas de juros estão baixas”.

Em resumo, o que as pesquisas mostram é que o mercado imobiliário vem se recuperando desde o final de 2017,  consolidando essa recuperação em 2018 e ampliando suas perspectivas de crescimento em 2019, sobretudo caso as reformas e a “PEC do Plano B” sejam aprovadas, trazendo impactos imediatos no setor imobiliário.

 

Com investimentos voltando ao País, geração de emprego e renda, crédito mais barato e mais acessível, e a confiança do consumidor em alta, a demanda por imóveis pode disparar, pressionando os preços do imóveis para cima e inaugurando um novo ciclo de valorização imobiliária.

Valorização Imobiliária iminente no Mercado de Brasília em 2019

Em Brasília – uma das cidades com o m² mais valorizados do País (atrás apenas de Rio de Janeiro e São Paulo) -, o Mercado Imobiliário começou 2019 com estoques reduzidos mas bastante animado e prometendo novos lançamentos.

No Plano Piloto, região mais valorizada do DF, novos lançamentos já são anunciados por Incorporadoras no Setor Noroeste, Asa Norte e Sudoeste. Em Águas Claras, Guará e até em Ceilândia, Taguatinga e Samambaia, o otimismo se repete.

Segundo Wilson Charles, diretor comercial da Emplavi, será um ano de grandes perspectivas para a empresa, que acaba de entregar 04 novos empreendimentos de 2, 3 e 4 quartos no setor Noroeste e já está com 4 novos lançamentos de alto padrão no bairro, além de um empreendimento comercial no Setor Sudoeste, todos com obras  a todo vapor.

“A demanda por imóveis não para de crescer, a Emplavi se preparou para este momento, possuindo a maior e mais diversificada oferta imobiliária de Brasília. Então, acreditamos que o momento é de muito otimismo em um novo ciclo de crescimento e de realizações para nossa empresa em 2019”, conclui Wilson.

Viva o novo. Viva Emplavi : há 37 anos construindo histórias felizes

Iniciando mais um ciclo de grandes realizações, a Emplavi, maior construtora de Brasília, acelera o passo em 2019 com a maior e mais diversificada oferta imobiliária no alto padrão de Brasília. São apartamentos de altíssimo padrão de 2, 3 e 4 quartos, nas melhores localizações do Noroeste, o melhor bairro para se viver em morar em Brasília.

Venha hoje mesmo conhecer nossa Central de Vendas e decorados Noroeste, na SQNW 102 – Noroeste, e venha viver o novo, venha viver em um Emplavi do jeito que sempre sonhou e em condições imperdíveis de lançamento. Conheça mais clicando aqui:

Jardins dos Lírios : 02 Quartos , sendo 01 Suíte – SQNW 103

Parque das Hortênsias – 03 Suítes – SQNW 102

Parque das Tulipas – 04 Suítes – SQNW 102

Parque das Acácias – 04 Suítes Premium – SQNW 102

Solicite um atendimento personalizado através de nosso Whatsapp : 061 9 9632-0022 ou agende uma visita clicando aqui.

 

Você também pode gostar
Redução de 0,75% dos juros do financiamento imobiliário aquece venda de imóveis na reta final de 2018   
Mês de Oportunidades Para Comprar Imóvel em Brasília
Mês de Oportunidade Para Comprar Imóvel
Comprar um imóvel: 4 dicas para realizar um bom negócio!

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This